Passeios Guiados em Saõ Petersburgo

Passeios Guiados em Saõ Petersburgo

Capital da Rússia entre 1712 e 1917, São Petersburgo ou Sampetersburgo (Санкт-Петербу́рг, Sankt-Peterburg), às margens do rio Neva, no Mar Báltico, é um dos destinos mais cobiçados do turismo mundial. Celebrada em verso e prosa por artistas como Dostoievsky, Pushkin e Gogol, é frequentemente chamada de, somente, Petersburgo (Петербу́рг) e informalmente conhecida como Piter (Пи́тер). Entre as cidades do mundo com mais de um milhão de pessoas, São Petersburgo é a que está mais a Norte. O centro histórico da cidade e o grupo de monumentos constituem patrimônio mundial da UNESCO.

Passeios Guiados em Saõ Petersburgo

Historia

Em 1 de maio de 1703 (pelo calendário juliano), durante a Grande Guerra do Norte, Pedro o Grande capturou a fortaleza sueca de Nyenskans sobre o rio Neva na Íngria. Algumas semanas depois, em 27 de maio de 1703 (16 de maio no calendário juliano), na parte baixa do rio, na Ilha Zayachy, 5 km distante do Golfo da Finlândia, ele fundou a Fortaleza de São Pedro e São Paulo, a primeira construção de tijolo e pedra da nova cidade. Denominou a cidade de acordo com seu santo padroeiro, São Pedro, o apóstolo. O nome original pretendia soar como holandês, devido à apreciação de Pedro pela cultura holandesa.

A cidade foi construída por servos conscritos de toda a Rússia e também por prisioneiros de guerra suecos, sob a supervisão de Alexander Menshikov, para se tornar o centro do governo, uma "janela para a Europa" muito desejada por Pedro o Grande, um imperador reformista de intenções modernizantes. Pedro mudou a capital de Moscou para São Petersburgo em 1712, antes que o Tratado de Nystad de 1721 terminasse a guerra.

Muito embelezada pelos czares posteriores, tornou-se a mais européia e cosmopolita das cidades russas. Durante a I Guerra Mundial, mudou de nome para Petrogrado (Петрогра́д, 1914–1924); depois da morte de Lenin, mudou mais uma vez para Leningrado (Ленингра́д, 1924–1991). Muito maltratada durante a II Guerra Mundial, onde mais de um milhão de habitantes morreram durante o cerco nazista, foi lentamente reconstruída, e tem vivido anos de prosperidade durante as gestões dos presidentes Vladimir Putin e Dmitry Medvedev, que nasceram aqui. Em 2010, com quase 5 milhões de habitantes, continua sendo a mais européia e cosmopolita de todas as cidades russas.

E-mail
br@guiamoscow.com

Telefones
+55 61 4042 2555